Resiliência Emocional em tempos difíceis.


Você já ouviu falar nessa palavra: Resiliência?

Pois é, vivemos num momento bem oportuno para falar dela e vamos refletir sobre como a Resiliência Emocional ou Socioemocional está tão presente no nosso dia a dia e na realidade em que vivemos e os perrengues que temos que enfrentar.


COMPETÊNCIAS SOCIOEMOCIONAIS: são capacidades individuais que se manifestam nos modos de pensar, sentir e nos comportamentos ou atitudes para se relacionar consigo mesmo e com os outros, estabelecer objetivos, tomar decisões e enfrentar situações adversas ou novas. (Inst. Ayrton Senna)

Se voltarmos um pouquinho no tempo, que já é bastante, quando a pandemia começou, quanta coisa tivemos que entender ou pelo menos, tentar entender e se adaptar? Quanta coisa mudou na rotina de casa, na escola dos filhos, no trabalho... na família como um todo? Quantas pessoas conhecemos, mesmo que distantes, já foram acometidas pelo novo coronavírus?

Até agora, ficamos perguntando, quando tudo isso vai passar? Não está sendo fácil, não é?!

Como encontrar saída para situações desafiadoras e delicadas que rondam a nossa vida? Superar momentos difíceis e encontrar alternativas e superá-los, não é e não está sendo nada fácil.

O afastamento brusco de milhões de crianças, adolescentes e educadores do contato pessoal nas escolas, obrigou a uma adaptação para atividades e estudos virtuais.

Essa situação mexeu muito com fatores socioemocionais. A falta de tolerância, o estresse, o baixo rendimento, a falta de vontade para aprender, a falta de confiança, a pouco persistência, a ausência de espontaneidade e criatividade, desencadeando para outros fatores negativos.

Para enfrentar com tudo o que estamos vivendo, temos que estar preparados para lidar com os nossos próprios sentimentos e emoções, nós gestores, professores, educadores, nossas crianças, adolescentes e famílias.



É a necessidade de vencer esses desafios, que trouxemos, aqui, e deixamos um pouco dessa reflexão sobre Resiliência Emocional, presente no nosso tema central que caminhará ao logo do ano, nas nossas atividades com as crianças, adolescentes e as famílias. “ QUE A NOSSA ESPERANÇA NOS MANTENHA ALEGRES”.

Resiliência emocional é a capacidade de enfrentar as dificuldades da vida, aprender com elas e ganhar mais força para vencê-las. Isso é muito importante quando precisamos regular emoções desagradáveis.

São três as competências básicas que compõe a Resiliência Emocional que necessitamos ter em nossos comportamentos para melhor nos adaptar ao ambiente em que vivemos: tolerância ao estresse, tolerância à frustração e autoconfiança.

Entre muitos conteúdos sobre Resiliência, recorri a um estudo do Instituto Ayrton Senna que vai bem de encontro ao propósito e atuação da nossa ONG PEQUENO CIDADÃO e foi, a partir dele, que escrevi esse texto.


Um forte abraço


João de Queiroz – Gerente Executivo – Núcleo de Apoio ao PEQUENO CIDADÃO

João, também é educador junto às crianças e adolescentes na ONG

Ref. www.institutoayrtonsenna.org.br





137 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Núcleo de Apoio ao

Pequeno Cidadão

Rua Tietê, 1285

São Bernardo do Campo - SP

São Paulo - Brasil

Fale conosco!

(11) 4367-1288

contato@pequenocidadao.org.br

cnpJ: 05218684001-16

  • Instagram
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon

© 2018 desenhado à mão por Universo Expandido